Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

IFMG lança livro sobre a produção do queijo da Canastra

  • Publicado: Quarta, 05 de Setembro de 2018, 17h21
  • Última atualização em Terça, 11 de Setembro de 2018, 10h53

“O trabalho desenvolvido foi muito importante, é a certeza que ganhamos um fôlego novo e que nosso produto está sendo valorizado e reconhecido. Também é uma esperança que podemos dar para que as pessoas do campo tenham condição de continuar no campo. A agricultura familiar se fortalece com esse reconhecimento”. Foi assim que o produtor rural Luciano Carvalho Machado, que produz queijo há 30 anos na cidade de Medeiros, avaliou o projeto de extensão do Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG) - Campus Bambuí, que resultou na publicação do livro “Rotas gastronômicas e a tradição do queijo artesanal da região da Canastra”, lançado na tarde de segunda-feira, 3 de setembro, em Belo Horizonte.

O lançamento ocorreu na sede do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), no bairro Floresta, e reuniu cerca de 130 pessoas. Além de ganharem um exemplar do livro, os convidados puderam provar diversos produtos produzidos na região da Serra da Canastra, como queijos, vinhos, mel e café. Foi exibido o vídeo que conta como foi desenvolvido o projeto e ainda revela os segredos da produção do queijo artesanal.

Clique aqui e assista!

Participaram da solenidade a superintendente do IPHAN em Minas Gerais, Célia Corsino; os organizadores do projeto e servidores do Campus Bambuí, Jonas Guimarães e Silva, Cássia Félix Dias Criscoulo e Fernanda Gonçalves Carlos; o diretor-geral do campus, Rafael Bastos Teixeira; o pró-reitor de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação, Neimar de Freitas Duarte; o prefeito de Bambuí, Olívio Teixeira; além de produtores rurais e representantes de entidades e associações parceiras do projeto.

Lançamento do livro 5

Ao dar as boas-vindas aos convidados, Célia Corsino destacou a importância da atuação dos Institutos Federais em cidades do interior para ofertar cursos e capacitação. Já o professor Jonas Guimarães explicou os motivos de ter escolhido o IPHAN como o local para realizar o lançamento. “A ideia do projeto surgiu em uma reunião aqui no IPHAN para discutir formas de fazer a salvaguarda do queijo Canastra”, contou. Ele também agradeceu a toda equipe envolvida e destacou a essência da iniciativa. “É um projeto de valorização do ser humano, do que está por trás da produção do queijo”, afirmou. 

Após a exibição do vídeo, os convidados puderam degustar os queijos e provar os produtos da Canastra ofertados pelos produtores locais. A solenidade contou também com a apresentação do violeiro Marco Thúlio Ribeiro.

“Rotas gastronômicas e a tradição do queijo artesanal da região da Canastra” é resultado de três anos e quatro meses de trabalho. Iniciado em 2015, o projeto recebeu recursos do Ministério da Educação e envolveu uma equipe multidisciplinar, que teve apoio do IPHAN, da Emater/MG, das Prefeituras Municipais de Bambuí, Tapiraí, Medeiros, São Roque de Minas e Vargem Bonita. Também foram envolvidas a Associação dos Produtores de Queijo Canastra, a Associação dos Produtores de Queijo Canastra de Medeiros, a Associação dos Produtores Rurais da Gurita, de Delfinópolis, e a Associação dos Produtores de São Bento de Bela Vista, em Tapiraí.

Ao longo do trabalho, foram mapeadas, por meio de fotografias e georreferenciamento, doze rotas gastronômicas que levam à produção do queijo símbolo da região da Serra da Canastra e que é também registrado como Patrimônio Cultural Brasileiro. A equipe percorreu 8.188 quilômetros, colhendo depoimentos, registrando imagens, documentando o modo artesanal de fabricação do queijo, utensílios, equipamentos e o ambiente no entorno desse saber-fazer.

Lançamento do livro 7 Lançamento do livro 8

Lançamento do livro 12 Lançamento do livro 9

Lançamento do livro 14 Lançamento do livro 4

 

Fonte: IFMG - Reitoria

Compartilhe:
registrado em:
Fim do conteúdo da página