Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Livro que mapeia rotas gastronômicas do queijo da Canastra será lançado na FIPA

  • Publicado: Sexta, 19 de Outubro de 2018, 15h37
  • Última atualização em Sexta, 26 de Outubro de 2018, 14h57

Publicação é resultado de projeto de extensão do Campus Bambuí, que teve apoio do IPHAN, Emater/MG, prefeituras e associações de produtores rurais

O “caminho das pedras” para provar o sabor do tradicional queijo da Canastra e também conhecer a gastronomia, as belezas naturais, os atrativos turísticos e históricos dessa região tão característica de Minas Gerais. Esse foi o mote do livro“Rotas gastronômicas e a tradição do queijo artesanal da região da Canastra”, que foi lançado pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (IFMG) - Campus Bambuí, no dia 3 de setembro no grande galpão da Superintendência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), em Belo Horizonte e que será lançado também no dia 3 de outubro as 17h no centro de convenções do campus Bambuí.

No lançamento, também será exibido o vídeo produzido durante o trabalho de mais de três anos de pesquisa. Haverá degustação de queijos artesanais produzidos na região da Serra da Canastra. Estarão presentes os servidores do Campus Bambuí, Jonas Guimarães e Silva, Cássia Félix Dias Criscoulo e Fernanda Gonçalves Carlos, organizadores da publicação e profissionais que colaboraram com a realização do trabalho.

A iniciativa é parte do projeto de extensão “Implantação de Rotas Gastronômicas para Manutenção do Processo Artesanal de Produção do Queijo da Canastra”, que recebeu recursos da ordem de R$ 120 mil, por meio de edital Proext do Ministério da Educação, lançado em 2015. No trabalho, uma equipe multidisciplinar, que teve apoio do IPHAN, da Emater/MG, de cinco prefeituras e de quatro associações de produtores rurais, mapeou, por georreferenciamento e fotografias, doze rotas gastronômicas que levam à produção do queijo artesanal, produto símbolo da região, tombado pelo IPHAN como Patrimônio Cultural Brasileiro.

O livro e o vídeo mostram as atividades turísticas desenvolvidas no meio rural e empenhadas em valorizar os produtos da agroindústria local. De acordo com o professor do IFMG e coordenador do projeto, Jonas Guimarães, a equipe trabalhou por três anos e quatro meses e percorreu 8.188 quilômetros, colhendo depoimentos, registrando imagens, documentando o modo artesanal de fabricação do queijo, utensílios, equipamentos e o ambiente no entorno desse saber-fazer.

Todo o registro fotográfico foi compilado no livro de fotografias, contendo 100 páginas, onde haverá sorteio de algumas cópias durante o lançamento.

Convite Lançamento Livro

Compartilhe:
registrado em:
Fim do conteúdo da página